Pagamento recorrente: o que é, como funciona e benefícios

A automatização de processos faz parte de milhares de negócios presentes em nossa rotina, como é o caso do pagamento recorrente, sobre o qual provavelmente você se beneficia ao contratar plataformas de streaming, cursos online, softwares as a service, entre outros produtos ou serviços. 

Essa modalidade garante mais praticidade para o consumidor e confiança para as empresas, já que ajudam a fidelizar o cliente e obter maior garantia de recebimento de receitas durante a frequência estabelecida. 

Quer saber mais sobre pagamento recorrente, entender as vantagens desse modelo de pagamento e como você pode oferecê-lo para seus clientes? Então continue acompanhando este artigo de blog com a gente!

O que é pagamento recorrente?

Pagamento recorrente é um formato de cobranças automática para vendas recorrentes durante determinado período de contratação – que normalmente fazem parte de mensalidades, planos ou assinaturas de algum produto ou serviço. 

Como funciona o pagamento recorrente?

Em um modelo de cobrança e pagamento recorrente, o consumidor escolhe o método de pagamento que faça mais sentido para ele – cartão de crédito, débito em conta, Pix ou boleto bancário, por exemplo – e a própria plataforma do serviço ou produto comprado se encarrega de fazer a cobrança e direcionar o pagamento para a empresa em questão. 

Isso acontece por meio de agendamento de cobranças futuras. O número de transações, a frequência de cobranças e o período do contrato é pré-definido de acordo com a empresa e o consumidor e as transações são realizadas automaticamente. 

Alguns exemplos de negócios que usam o pagamento recorrente são:

  • Academias
  • Empresas ou plataformas de ensino
  • Plataformas de streaming de músicas, filmes e séries
  • Empresas de telecomunicação
  • Condomínio
  • Plano de saúde
  • Plano de sócio de times de futebol
  • Assinaturas de revistas e jornais

Quais os meios de pagamento recorrente?

Existem várias formas de usar o pagamento recorrente na compra e venda de produtos e serviços. Conheça abaixo as mais famosas:

Cartão de crédito

Talvez o modelo de pagamento recorrente mais conhecido, o cartão de crédito permite que a empresa possa automatizar a cobrança na fatura do cliente. E assim, consegue garantir o pagamento do produto ou serviço pelo período contratado. 

Diferentemente do pagamento recorrente, o cartão de crédito também é muito usado para parcelamentos. Uma desvantagem, no entanto, são as taxas de cobrança, como a anuidade do cartão, taxas administrativas e crédito rotativo, por exemplo. 

Débito em Conta

Também conhecido como débito automático, é um processo que permite que determinado valor seja transferido da sua conta para outra de acordo com a frequência, valor e período determinado. Diferentemente do cartão de crédito, não possui taxas e muitas vezes até são concedidos descontos para quem opta por esse modelo de pagamento, já que há a garantia que o valor será pago no dia determinado. 

Uma novidade do débito em conta é o Pix, que também permite o pagamento recorrente por meio da leitura de um QR Code na fatura do consumidor. 

Boleto bancário

O boleto bancário é uma ótima alternativa de pagamento recorrente principalmente para quem não tem cartão de crédito ou conta bancária. Por outro lado, pode ser menos prático e seguro, já que o tempo de reconhecimento de pagamento pode levar até cinco dias e, neste período, o consumidor pode abandonar a compra. 

Funciona muito bem para quem prefere arquivar comprovantes físicos de transações para evitar qualquer problema com serviços ou produtos comprados ou vendidos. 

Qual a diferença entre parcelamento e pagamento recorrente?

No pagamento recorrente, o valor total do produto ou serviço é pago em cada um dos períodos pré-definidos. Por exemplo: o consumidor paga o mesmo valor para receber uma revista em sua casa todos os meses. 

No caso do parcelamento, o valor total do produto ou serviço é dividido em diversos pagamentos, em uma única taxa. Então mesmo que o produto ou serviço já tenha sido entregue, o consumidor deverá continuar pagando até completar todas as parcelas do valor total. Não são entregues diferentes produtos e serviços de acordo com cada parcela paga pelo consumidor. 

Quais as vantagens do pagamento recorrente?

Até aqui já percebemos que o pagamento recorrente garante praticidade para consumidores e empresas, segurança e confiabilidade, mas listamos abaixo mais algumas vantagens importantes desse modelo de pagamento. Conheça: 

  • Retenção de clientes: esse modelo de pagamento ajuda a fidelizar os consumidores, já que eles recebem o produto ou serviço e realizam o pagamento periodicamente, garantindo mais previsibilidade de receita para a empresa. 
  • Redução do CAC: pelo mesmo motivo citado acima, o custo para aquisição dos clientes se torna menor, já que é possível garantir a presença do consumidor no negócio por mais tempo e com maior frequência. 
  • Planejamento financeiro mais seguro: com a garantia do recebimento da receita, é possível planejar a médio e longo prazo, com maior controle de fluxo de caixa e direcionamento de investimentos de forma mais assertiva. 
  • Negócios escaláveis: a automatização dos processos e garantia de recebimento de receita permite aumentar o faturamento sem precisar aumentar os custos e despesas, o que contribui com o planejamento financeiro mais assertivo em busca do desenvolvimento de um negócio escalável, com maior qualidade nas entregas, poder de expansão e valor no mercado. 
  • Automatização no processo de cobrança: o que garante mais praticidade para o consumidor, que não precisa se preocupar em fazer o pagamento todos os meses, por exemplo, e mais segurança para a empresa, que tem a garantia do recebimento da cobrança. 
  • Redução da inadimplência: o pagamento recorrente diminui as chances de que o consumidor esqueça de fazer o pagamento ou pague de forma atrasada. 

Como oferecer pagamento recorrente?

Depois de escolher os meios de pagamento que vai oferecer aos seus clientes, o primeiro passo é contar com um sistema de pagamentos recorrentes, como é o caso da Celero, a plataforma de gestão financeira com funcionalidade de contas a pagar e a receber que realiza cobranças, emite notas fiscais e programa parcelamentos e pagamentos recorrentes sem burocracia. 

Além disso, apoia com informações transparentes e relatórios que contribuem com a previsibilidade da gestão financeira para tomada de decisões mais assertivas. Quer saber mais? Faça um teste grátis e entenda como a Celero pode contribuir com a automatização, segurança e autonomia da sua gestão financeira!

Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Follow Me