Gestão Financeira para
Pequenas & Médias Empresas

Planilha de excel para fluxo de caixa: dos erros aos acertos

Planilha de excel para fluxo de caixa: dos erros aos acertos

Criar uma planilha de excel para fluxo de caixa de uma empresa fazer o controle financeiro é algo muito comum já que a ferramenta da Microsoft é a principal escolha de muitos financistas.

Mas antes de partirmos para a prática e mostrarmos como você pode criar a sua planilha de excel para fluxo de caixa, vamos entender melhor o que é essa ferramenta do departamento financeiro.

O que é fluxo de caixa?

O fluxo de caixa é um instrumento que mostra os resultados financeiros de uma empresa e, por consequência, faz relação entre tudo o que foi pago e recebido.

Ou seja, o fluxo de caixa ajuda o(a) empreendedor(a) ou o(a) responsável pelo setor financeiro a analisar a movimentação financeira de uma empresa de acordo com um período de tempo.

Assim fica mais fácil gerar relatórios de entrada e saída, em outras palavras, saber quanto de dinheiro entrou e saiu da empresa.

Em resumo, é uma forma de organizar todas as entradas, saídas e saber qual era o saldo inicial e qual foi o saldo final.

Basicamente, como gostamos de dizer, o fluxo de caixa é o coração de qualquer empresa e não pode ser esquecido, ele tem que ser analisado com frequência.

Agora, vamos dar uma olhada nos erros mais comuns no fluxo de caixa.

Erros comuns no fluxo de caixa

5 erros mais comuns no fluxo de caixa de pequenas e médias empresas

Primeiramente uma dica, se você perceber que comete um (ou mais de um) dos erros mencionados neste artigo, corre para tomar uma atitude e resolver, beleza?

Entre as falhas mais comuns estão misturar as contas pessoais com as empresariais, falta de planejamento e de objetivos claros normalmente causam surpresas desagradáveis para quem tem uma empresa.

Nós sabemos do que estamos falando já que aqui na Celero, todos os dias encontramos com algum empresário com problemas no seu departamento financeiro.

E acredite, a maioria desses problemas são causados pelos erros, que vamos listar abaixo, no fluxo de caixa.

1. Misturar as contas da empresa e as contas pessoais

É triste, no entanto, muitas empresas ainda mantêm esse hábito.

Pode parecer simples e até básico, mas é um erro comum no fluxo de caixa.

Um desequilíbrio nas informações do caixa pode acontecer por causa das contas pessoais “inocentes” do empresário que são pagas pela empresa.

Esse é um vício que deve ser evitado.

2. Não ter um objetivo definido pela empresa

Sem dúvida esse é outro erro comum no fluxo de caixa que acaba contribuindo para uma falta de direção empresarial.

Nesses casos, a empresa acaba trabalhando basicamente para pagar contas – sabe aquela história de “vender o almoço para pagar o jantar”? É isso!

Quando não se sabe onde quer chegar fica difícil até mesmo sair do lugar.

3. Não ter previsão sobre as informações de caixa

Mais uma máxima faz sentido aqui: prevenir é melhor do que remediar.

A falta de previsão também é um grande erro, principalmente em empresas que não se planejam bem, visto que gerenciar a empresa pela conta corrente do banco não faz nenhum sentido.

A falta de disciplina pode ser bastante danosa à saúde financeira da companhia. Portanto, não recomendamos conviver com o risco do acaso.

4. Não planejar o pagamento de impostos corretamente

Na hora de realizar o seu planejamento, você deve planificar o valor dos impostos na conta base de cada operação porque é muito comum empresas falirem por não pagarem seus impostos de forma correta.

Fique de olho: quitar os tributos é obrigatório e sonegar é considerado crime pela justiça, não caia nessa cilada Bino!

5. Contar com dinheiro que ainda não entrou ou superestimar as previsões

Ser otimista no mundo empresarial é necessário, porém, ser otimista demais acaba ocasionando mais um erro no fluxo de caixa.

Não cometa o erro de “antecipar” o que ainda não aconteceu porque você vai acabar comprometendo o seu planejamento. Análise o cenário com cuidado e cautela.

Mantenha o equilíbrio

Como não cometer erros no fluxo de caixa para mantê-lo equilibrado?

Contudo, para diminuir os erros no fluxo de caixa para mantê-lo sempre equilibrado é fundamental seguir 3 princípios básicos:

  1. Planejar
  2. Controlar
  3. Avaliar

Além disso é necessário ainda ter em mente algumas questões como:

  • Quais são os custos mínimos da empresa? 
  • Quanto custa cada operação realizada?

Em outras palavras, isso significa direcionar a empresa para um nível mínimo de estabilidade.

Você sabia que menos de 15% das empresas brasileiras acompanham o fluxo de caixa corretamente?

Para que você não ande no escuro ou deixe a luz vermelha acender, nós recomendamos a criação de uma planilha de excel para fluxo de caixa.

Ela vai ajudar você a evitar os erros listados acima, erros que muitas vezes são causados porque os empresários passam por eles por simples desconhecimento.

Então, no próximo tópico nós vamos mostrar como criar a sua planilha.

Como criar uma planilha de excel para fluxo de caixa

Antes de mais nada, adivinha o que você precisa fazer para começar?… Exatamente, criar uma planilha no excel 😅, se você quiser usar a planilha do Google, não tem problema, o que for melhor para você.

Após criar um novo arquivo, em seguida insira o mês e o ano que você quer avaliar. Veja a imagem abaixo:

Use os campos da planilha para preencher todos seus recebimentos e gastos como, por exemplo, as imagens abaixo.

Primeiro print de planilha de excel para fluxo de caixa
Recebimentos mensal
Segundo print de planilha de excel para fluxo de caixa
Gastos mensal

Uma informação importante: os dados que aparecem nas imagens acima são só para ilustrar, beleza?

Depois você vai precisar calcular o “Resultado Fixo” e para chegar ao resultado você vai precisar fazer uma conta de subtração, ou seja, calcular os “Recebimentos Fixos” menos os “Gastos Fixos”.

Assim como a imagem abaixo:

Terceiro print de planilha de excel para fluxo de caixa
Resultado fixo

E por outro lado, você também vai precisar calcular o “Resultado Variável”, outra conta de subtração que é “Recebimentos Variáveis” menos “Gastos Variáveis”, dê uma olhada nessa outra imagem abaixo.

Quarto print de planilha de excel para fluxo de caixa
Resultado variável

Dessa forma você conseguirá fazer uma análise do seu fluxo de caixa todo mês. E aí, gostou de aprender como se faz uma planilha no excel.

Mas eu tenho uma surpresa para você que chegou até aqui, você não precisa criar uma planilha de excel para o seu fluxo de caixa do zero.

Ao invés disso, você baixar o template que criamos para facilitar a sua vida, basta clicar no banner abaixo para saber como acessar.

Banner para baixar planilha de excel para fluxo de caixa

Conclusão

Enfim, chegamos ao fim do nosso artigo, se você quiser receber a nossa newsletter semanal com mais conteúdos sobre gestão financeira, basta se inscrever no formulário que no final dessa página.

Se você acha que esse texto pode ajudar mais pessoas, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais e se você quer deixar a sua opinião sobre o nosso conteúdo, é só comentar logo abaixo.

Até o próximo.

Artigo originalmente publicado dia 16 de julho de 2018 e atualizado dia 2 de setembro de 2020.