Por que fintechs são seguras? Aprenda!

As fintechs são mais seguras do que você imagina.

Nos últimos anos, o termo fintech tem ganhado cada vez mais espaço no mercado.

A expressão, que é uma combinação das palavras em inglês financial, que significa financeiro, e technology, que quer dizer tecnologia na tradução para o português, portanto, tem um significado que vai muito além de tecnologia financeira na prática.

As fintechs são startups que desenvolvem produtos financeiros digitais com o intuito de facilitar transações financeiras.

Em contrapartida da maioria das empresas tradicionais do setor, nesse tipo de negócio é a utilização de tecnologia que se torna o verdadeiro diferencial de mercado.

Descomplicar os serviços financeiros é o principal objetivo das fintechs, que oferecem uma série de soluções para seus clientes, assim como conta digital, cartões de crédito e débito, seguros, empréstimos, entre outros.

A maior parte das fintechs possibilitam aos clientes realizarem todo tipo de operação e transação por meio de uma plataforma, ou seja, que pode ser acessada tanto por um computador quanto por dispositivos móveis.

Nesse cenário, os usuários não precisam em hipótese alguma ir até uma agência bancária, por exemplo.

Essa lógica de simplificar os serviços oferecidos pelos bancos tradicionais tem ganhado força.

Um levantamento realizado pela Finnovation apontou que, em 2019, o número de fintechs no Brasil era de 504 isto é, configurando um crescimento de 34% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Ainda que as fintechs estejam se popularizando mais a cada ano, no entanto existem muitos questionamentos sobre a segurança das transações realizadas por meio delas.

Neste artigo, você conhece  as principais vantagens, produtos e entenda sobre a segurança que as fintechs oferecem. Vem com a gente!

Descubra as vantagens das fintechs

Quais são as vantagens das fintechs?

As fintechs oferecerem soluções financeiras menos burocráticas, inovadoras e mais intuitivas para o usuário, justamente por poderem serem acessadas de um aplicativo em um smartphone, por exemplo.

Outro fator que é muito vantajoso para quem usa os serviços de uma fintech é que seus serviços tendem a ter um custo mais baixo do que os oferecidos pelos bancos.

Um exemplo disso, são as taxas para as transações ou os cartões pré-pagos e de crédito que não possuem anuidade ou mensalidade.

Isso é possível por serem totalmente desenvolvidas em ambientes digitais, sem contar com estruturas físicas para realizar operações financeiras, bem como ir até agências bancárias, reduzindo os custos consideravelmente.

Em outras palavras, as fintechs são responsáveis por trazer ao mercado produtos financeiros inovadores com preços competitivos, sempre pensados para facilitar a rotina dos clientes.

Conheça os diferenciais das fintechs

Primeiramente, os principais diferenciais de uma fintech em relação a empresas tradicionais do setor financeiro, são:

  • Rapidez no atendimento;
  • Taxas de juros em valores mais baixo do que as praticadas por bancos e corretoras;
  • Possibilidade de realizar todas as operações e transações por meio de computadores ou dispositivos móveis;
  • Todos os processos são online;
  • O cliente não precisa se deslocar ou enfrentar filas para ter acesso aos serviços oferecidos;
  • Produtos diferenciados como conta digital, cartão pré-pago, entre outros. 
  • Democratização ao acesso de crédito para pessoas “desbancarizadas”, ou seja, que não têm conta em bancos tradicionais;
Elas são mesmo seguras?

Afinal, as fintechs são seguras?

Do mesma forma que os bancos tradicionais, as fintechs são fiscalizadas pelo Banco Central que, em 2018, aprovou as resoluções 4646, 4657 e 4658.

Em virtude de verificar e garantir mais segurança jurídica às operações financeiras realizadas em plataformas digitais.

Entre as medidas previstas nas resoluções, está a exigência de que as empresas desse segmento contem com medidas de proteção eficazes, com o propósito de evitar ataques cibernéticos.

Foi a partir dessa regulamentação do Bacen que passou a ser possível que fintechs e empresas do mesmo setor pudessem conceder crédito sem a necessidade da intermediação de um banco, por exemplo.

Isso significa que essas empresas estão sujeitas à paralisação de atividades em caso de irregularidades junto ao Banco Central.

Entenda como a Juno é segura

Antes de tudo, a Juno é um Instituição de Pagamentos autorizada e reconhecida pelo Banco Central.

Desde de maio de 2020, passamos a ser uma empresa certificada em PCI DSS, uma das principais certificações de segurança do mundo. 

Também conhecido como PCI Compliance, o PCI DSS é uma certificação necessária para empresas que processam, armazenam e transmitem dados de cartões pela internet.

Primordialmente, é uma certificação exigida justamente para garantir a segurança desses dados.

Esse marco na história da Juno levou aproximadamente um ano para ser conquistado.

E só foi possível a partir de uma série de treinamentos e também do respeito das normas e políticas por parte da nossa equipe, com foco em Segurança da Informação.

Para que a empresa receba a PCI Compliance e possa atuar com pagamentos online, é necessário cumprir algumas condições básicas de segurança.

A certificação enumera doze requisitos, que estão distribuídos de acordo com os seis grandes objetivos:

  • Manter uma rede segura para o processamento das transações; 
  • Proteger as informações dos titulares de cartão; 
  • Proteger o sistema contra hackers; 
  • Controlar o acesso por meio de fortes medidas de proteção e monitorar e testar as redes frequentemente; 
  • Implementar uma política de segurança. 

Em resumo, a constante atualização das políticas de segurança e a prática de treinamentos dos colaboradores são os principais fatores para manter a certificação ativa.

Meu dinheiro está seguro? Essa é uma pergunta muito importante e aqui na Juno nosso compromisso é garantir que todas as transações sejam seguras.

Por isso, contamos com uma equipe de Risco e Compliance. Esse time trabalha para que tanto os nossos clientes, quanto os clientes dos nossos clientes possam realizar transações bancárias de forma segura.

Plataformas seguras

Como garantimos a segurança da nossa plataforma de cobranças?

Para ser seguro, a princípio, tudo começa no momento do cadastro e da emissão das primeiras cobranças.

Os documentos que solicitamos ao final do seu cadastro  são importantes para conhecermos melhor quem você é e quais atividades financeiras pratica.

Para ser seguro, tudo começa no momento do cadastro e da emissão das primeiras cobranças.

Os documentos que solicitamos ao final do seu cadastro  são importantes entendermos o melhor perfil do seu negócio.

Na Juno, é possível emitir cobranças com CPF ou CNPJ e isso altera um pouco a relação dos documentos que pedimos no momento do cadastro, confira:

  • CPF: documento pessoal com foto frente e verso, e selfie segurando esse documento com o lado da foto virado para frente;
  • CNPJ: documento pessoal de um dos sócios da empresa com foto frente e verso, e selfie segurando esse documento;
  • Associação: doc frente e verso e selfie de um dos colegas seguintes: presidente, vice presidente ou diretor financeiro.

No caso de cadastro com CNPJ, além do documento frente e verso e selfie, também é preciso enviar o documento da empresa devidamente assinado e reconhecido:

  • MEI: Certificado MEI (pode ser na versão eletrônica);
  • ME: Requerimento de Empresário;
  • EIRELI: Contrato Social de Empresa Única;
  • LTDA: Contrato Social;
  • ASSOCIAÇÃO: Estatuto Social e Ata de Eleição atualizada;
O envio de documentos é essencial

Por que os documentos adicionais podem ser pedidos depois?

É possível que a nossa equipe peça documentos complementares no decorrer das transações na sua sua Conta Juno para conferir se um pagamento é seguro. 

Preferimos pedir os documentos e informações apenas quando necessário, para não atrapalhar a usabilidade.

Isso é possível por conta da nossa etapa de cadastro ser muito completa, o que permite que a nossa equipe de Risco e Compliance já conheça muito bem o perfil de negócio dos nossos clientes.

Em alguns casos, no entanto, precisamos entender um pouco mais a respeito do negócio, para garantir a real segurança da transação.

Mesmo após o cadastro, nossa equipe continua de olho, avaliando todas as transações em nossa plataforma, verificando se elas estão sendo realizadas de forma correta, auxiliando você da melhor maneira possível.

Caso aconteça uma verificação com você, entenda que o nosso contato é para a sua segurança.

Ao confirmar que é a sua empresa emitindo cobranças, evitamos que um terceiro esteja usando a plataforma sem o seu consentimento, por exemplo.

O Token Juno é um dispositivo de segurança criado para evitar que outras pessoas façam movimentações na sua conta sem a sua autorização.

Saiba como habilitá-lo nesse passo a passo completo.

Hábitos que ajudam a manter a segurança

1 – Mantenha seu cadastro sempre atualizado

Mudou de endereço, telefone ou e-mail

Lembre-se de atualizar seus dados na sua Conta Juno para que a gente tenha sempre um contato direto com você.

Ao enviar os documentos, verifique se estão nítidos e coloridos. 

2 – Preencha as informações corretamente

Na hora de emitir um boleto, procure preencher todos os dados que a nossa plataforma sugere.

Coloque os nomes completos, telefones (dos seus clientes), CPFs e CNPJs válidos, e-mail do cliente e descrição do serviço ou produto referente à cobrança.

Dessa maneira, não haverá problemas com a sua transação.

3- Anexe documentos que comprovem a veracidade da fatura

Outra maneira de garantir a segurança é anexar a NF do produto ou contrato de serviço no boleto.

Com a ajuda desse documento oficial, conseguimos comprovar que está tudo certo com a sua cobrança!

Se mesmo com esses cuidados a nossa equipe ainda entrar em contato, lembre-se que fazemos isso pela segurança.

Como lidamos com dinheiro, precisamos seguir algumas normas estabelecidas para proteger tanto você quanto seus clientes.

No total, já fomos responsáveis pela emissão de mais de um milhão de faturas e verificamos mais de três mil transações por mês. Todas elas na mais perfeita segurança.

Conheça a Juno!

Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

3 Comments

  1. Marcos goes Reply

    Ótimo trabalho!
    Após perder muito tempo na internet encontrei esse blog
    que tinha o que tanto procurava.
    Parabéns pelo texto e conteúdo, temos que ter mais
    artigos deste tipo na internet.
    Gostei muito.
    Meu muito obrigado!!!

    1. Ana Augusta Reply

      Oi Marcos, muito obrigada.

      Que bom que você está achando os nossos conteúdos úteis.

      Esperamos continuar no mesmo nível de qualidade.

      Boa semana, até mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me