Como otimizar o financeiro da sua sua loja

Como otimizar o financeiro da sua sua loja

No artigo de hoje, você vai aprender como otimizar o financeiro da sua loja. 

O primeiro passo para melhorar seu financeiro é criar um plano financeiro empresarial.

Para isso, em primeiro lugar é fundamental entender os custos mínimos do funcionamento da loja.

Um bom exemplo disso, são os custos de produção, que podem ser: gastos fixos como aluguel, telefone, internet, funcionários e também aqueles variáveis.

Ao saber quais são eles, fica bem mais fácil de manter o controle financeiro, deixando sempre próxima a relação despesas x receitas.

Por isso, você sempre deve lembrar de registrar suas despesas, definir prioridades e, acima de tudo, ter controle dos seus gatos.

Um segundo passo é aprender a fazer cortes, o que pode parecer assustador, mas a lição de casa do empresário é diminuir as despesas, principalmente as supérfluas. 

Faça um planejamento financeiro

Ao desenvolver um planejamento bom e eficaz, com visão de longo prazo, é possível entender o custo e as despesas necessárias para que o financeiro da sua loja possa operar.

Dessa maneira, as variáveis como impostos, tributos, custo com mão de obra, matéria-prima, sazonalidade, vão te ajudar a evitar surpresas desagradáveis a fim de assegurar a longevidade da sua empresa.

Por isso, criar um “preço” irrecusável, que pensa apenas no crescimento não garante que sua loja não vai falir.

Assim, é melhor crescer aos poucos e com segurança, do que com muita empolgação e pouco empenho para oferecer um bom serviço ou produto. 

E como saber se o seu plano financeiro empresarial está dando certo?

Isso é bem simples, você saberá se o seu planejamento deu ou está dando certo se o resultado projetado for atingido.

Mas, não apenas no aspecto de faturamento, mas também de margem e resultado.

Se o resultado não tiver acontecido, é hora de rever os planos e ajustar as engrenagens.

Para que dê tudo certo nesse cenário, a automação financeira é a ferramenta ideal para ajudar empresários a dedicarem seu tempo para pensar no próprio negócio.

De tal forma que minimiza a preocupação com as finanças, ampliando o tempo para pensar nas atividades-chave importantes para o crescimento da sua empresa.

No próximo tópico eu explicar melhor como a automação financeira pode ser a solução que a sua empresa precisa, então, bora.

Como otimizar o financeiro da sua loja

Use automação para otimizar o financeiro da sua loja

Um planejamento financeiro mal feito envolve pilhas de papel, números confusos, nem um pingo de controle, ansiedade constante pelo futuro incerto e simplesmente falta de tempo.

Você não precisa sentir vergonha caso se encaixe em qualquer uma das situações citadas acima.

Você sabia desse dado? Que cerca de 85% das pequenas e médias empresas do Brasil não fazem nenhum tipo de gestão financeira além de contas a pagar e contas a receber?

E ainda vamos mais longe, visto que muitas delas têm sistemas gerenciais contratados e mesmo assim não tem informações dos seus negócios, geralmente elas só sabem o quanto faturam.

Esse dado muito alarmante se você for parar para pensar.Se você está se perguntando: por que isso acontece? Eu explico.

A maioria dos empresários não saberem como alimentar esses sistemas e não é por culpa dos programadores, mas sim pela falta de conhecimento dos conceitos técnicos financeiros.

Você precisa de um exemplo? Veja se você consegue responder às seguintes perguntas:

Você sabe a diferença entre custo e despesa?

Você sabe quantos podem ser os tipos de custo e despesa dentro de sua empresa?

Se a sua resposta foi “não” para as duas perguntas, este artigo do nosso blog ou uma rápida pesquisa no google podem te ajudar. 

Controle as dívidas

Talvez você ache que controlar as dívidas é óbvio, mas é justamente nisso que a maioria dos gestores pecam no financeiro da sua loja. 

Por exemplo, o próprio Brasil é um país conhecido pelo alto índice de inadimplência e os empresários fazem parte desse cenário, principalmente os micros.

Dessa forma, a vida financeira da maioria da população anda bem difícil, ainda mais quando levamos em consideração o alto índice de desemprego.

Assim, os empresários precisam estar atentos, já que as dívidas de pessoa física são mais fáceis de sanar que as dívidas de um escritório.

Além disso, para piorar, emergências inevitáveis sempre podem surgir em momentos de crise, o que leva à tomada de empréstimos.

Mesmo assim, muitas vezes, essas dívidas dizem respeito a compras supérfluas.

O que pode indicar a má administração de gastos com as finanças do escritório de engenharia.

Uma forma de evitar dívidas e empréstimos é utilizar sistemas de gestão financeira.

Por isso, a tecnologia hoje é uma das principais aliadas dos pequenos e médios empresários. 

Quando você utiliza um software de Gestão Financeira, as chances de esquecer de pagar contas diminuem bastante. 

Banner ilustrativo para agendar horário com a Celero
2 Comentários
  1. Gostei muito do conteúdo e gostaria de maus informações para serem aplicadas na minha empresa

    1. Olá, Marcelo! Que bom que você gostou! Você pode deixar seu e-mail para contato? Abraços!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *