Empresário Paranaense: Governo estadual anuncia pacote de R$ 1 Bilhão!

Se você é empresário paranaense, você precisa conhecer as medidas preventivas para combater as consequências negativas do COVID-19 na economia estadual que foram anunciadas.

Primeiramente, no dia 27 de março, o Governador do estado do Paraná, Carlos Massa Ratinho Jr, anunciou um pacote de 1 bilhão de reais de investimento e financiamentos com medidas econômicas direcionadas a manutenção do salário e emprego no estado do Paraná.

Empresário paranaense terá acesso a dinheiro novo

Através do Fomento Paraná serão liberados 280 milhões de reais para atender cerca de 40 mil empresários no estado do paraná.

A princípio, 120 milhões de reais destinados para MEI, autônomos (formais e informais) e micro e pequenos empreendedores paranaenses.

O crédito também será disponibilizado através Banco da Mulher Paranaense, instituição estadual focada para empreendedoras paranaenses.

O crédito será oferecido ao empresário paranaense através de uma linha de giro flexível sem necessidade de aval para valores entre R$ 1.500 e R$ 6.000 com o propósito de auxiliar as empreendedoras.

Em segundo lugar, a taxa de juros será pré-fixadas em 0,41% a.m com 12 meses de carência e até 36 vezes para quitação.

Bem como 160 milhões de reais serão destinados para pequenos e médios empresários paranaenses.

Linhas de giro com juros especiais de 6 mil a 200 mil reais com 12 meses de carência e até 60 meses para pagamento, 0.68% taxa de juros a.m. (sujeito a alteração caso o governo federal reduza a taxa básica de juros).

Anunciou também suspensão de pagamentos de contratos com municípios e empreendedores do Paraná a instituição.

Suspensão de pagamentos

Estão suspensas por 6 meses contratos de prefeituras, com a fomento PR. Mantendo o dinheiro nos municípios, o impacto é de 150 milhões de reais.

Estão suspensas também por 90 dias o pagamento de contratos entre a fomento e empresários, o impacto estimado é de 40 milhões de reais.

O Banco Regional de Desenvolvimento do Sul, BRDE-PR liberou 690 milhões de reais para negócios de médio porte do empresário paranaense. Direcionados para valores créditos superiores a 200 mil reais.

Foi oferecida a postergação dos pagamentos de financiamentos ativos em até 7 meses, dependendo dos recursos próprio ou de fundings externo à instituição.

Equalizando a carteira de mais de 6 bilhões de reais da carteira ativa do banco.

Só para ilustrar R$ 100 milhões são para linhas de 200 mil a 1,5 milhão de reais para manutenção de folha de pagamento iniciando com taxas de juros de 0,60 % ao mês.

R$ 540 milhões: Atender demanda por giro e capacidade produtiva com atendimento especial ao setor de serviços e hoteleiros que estão sendo severamente impactados neste momento de pandemia.

R$ 50 milhões do fundo foram enviados a Fomento Paraná para auxiliar no crédito para micro e pequenas empresas.

Prorrogação do prazo pagamento do ICMS para 277 mil empresas que fazem parte do simples por 90 dias.

Junto a prorrogação do Simples Nacional e do FGTS, o empresário paranaense que paga ICMS poderá utilizar este fôlego de caixa para manter a folha de pagamento em dia.

Você pode conferir o anuncio completo ao empresário paranaense no facebook clicando no link abaixo:

João Augusto
CFO da Celero

Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me