Como planejar a gestão financeira para 2022?

Para começar a planejar a gestão financeira, lembre-se que você não precisa partir do zero, do desconhecido. Temos mais de 300 dias trabalhados, com erros, acertos, vitórias e derrotas. É preciso aprender com isso.

A ideia aqui é exatamente olhar para o passado para planejar o futuro: analise tudo o que passou, o resultado financeiro que sua empresa conquistou, o que os concorrentes fizeram de interessante (e o que não foi tão interessante assim), o que o mercado pediu, entre tantos outros pontos de avaliação que podem entrar nesse planejamento.

Está com o lápis e papel na mão? Então vem com a gente entender melhor como planejar a gestão financeira para o próximo ano!

Como você provavelmente já ouviu falar (por aqui, sempre batemos nessa tecla), a previsibilidade, muitas vezes, garante o progresso das empresas.

Por isso, quando for pensar em como planejar a gestão financeira para o próximo ano, lembre-se de dar um passo para trás e observar o que você fez em cada um dos meses do ano. Mas o que avaliar, exatamente?

Avalie o resultado financeiro da sua empresa

Dentro da avaliação do resultado financeiro de uma empresa, cabe a análise de alguns indicadores importantes que podem demonstrar a situação do seu negócio para facilitar as tomadas de decisões. Alguns deles são:

4 indicadores para ficar de olho

Fluxo de caixa: tudo o que entrou e saiu do caixa da empresa. É importante verificar a frequência em que isso foi analisado também. Isso pode ajudar a perceber, por exemplo, se em alguma época do ano sua empresa teve um furo no fluxo de caixa. E assim, minimizar o risco no planejamento do próximo ano.

Retorno sobre investimentos: o famoso ROI. O cálculo é basicamente a divisão do lucro líquido pelo total de ativos do balanço. E é isso que vai responder se o seu negócio é viável ou não, se ainda vale a pena seguir com o mesmo modelo no próximo ano ou se é preciso tomar decisões para reestruturar a forma de trabalhar da sua empresa.

Resultados operacionais: esse indicador serve para que você visualize toda a operação da sua empresa, entenda quais foram os principais ganhos e quais foram as despesas operacionais. Talvez isso possa te ajudar a economizar dinheiro para o próximo ano.

Ponto de equilíbrio: é o momento em que a empresa passa a ser lucrativa – quando você consegue pagar todos os seus gastos, e ainda assim conseguir um resultado positivo. Olhe para o ano em que passou e entenda como foram os melhores meses em relação ao ponto de equilíbrio. O que você fez de diferente? Isso pode te ajudar a entender como planejar a gestão financeira do próximo ano.

Conclusão desse tópico

Além desses indicadores, e outros que podem estar presentes em seus relatórios mensais e anuais, é interessante que você avalie o quanto você cresceu:

  • Quantos colaboradores vocês contrataram e quantos foram desligados?
  • Quantos clientes novos vocês conquistaram?
  • Como foi a relação com os seus fornecedores, quanto você gastou com eles em relação durante os meses?

Em resumo, se você conseguir separar essa análise mês a mês, os seus resultados financeiros ficarão mais visíveis e fáceis de analisar.

Observe como foi o ano dos seus concorrentes

Analise seus concorrentes diretos e indiretos e perceba o que eles fizeram durante o ano, seja em relação às melhorias em produtos, à divulgação, à economia de despesas ou aos processos internos direcionados ao modelo de negócio.

Se conseguir, uma boa dica é tentar conversar com concorrentes mais próximos, que você tenha uma boa relação. Eles provavelmente não vão te entregar o outro, mas pode ser interessante trocar algumas figurinhas. Lembre-se de ser transparente, você só tem a ganhar!

Olhe para o mercado e perceba o que ele tem pedido e prometido

Observe o mercado como um todo. Quais são as tendências em relação ao modelo de negócio, o que tem dado muito certo e o que parece ser furada?

Quais campanhas renderam muito resultado e quais você pode ficar de fora no próximo ano sem problema algum? Talvez o ano que passou seja um spoiler do que pode vir por aí.

Já parou para pensar se você pode ter um e-commerce, por exemplo?

Enfim, planeje-se!

Como você também já deve ter visto por aqui, existe uma receita de como planejar a gestão financeira de uma empresa: controle 100%, noção clara dos objetivos da empresa e a previsibilidade de curto e médio prazo.

Portanto, é importante levar isso em consideração após toda a análise do ano que passou também. Antes da última dica, lembre-se: aprenda com os erros e com os acertos também para planejar a gestão financeira de 2022.

Dá para mexer em time que está ganhando, em busca de resultados ainda melhores. Você tem um ano inteiro de aprendizado, não jogue isso fora.

Conte com parceiros confiáveis para te ajudar no planejamento do próximo ano

É claro que a gente está falando da Celero! A nossa plataforma de gestão financeira oferece recursos de um sistema de gestão de alta tecnologia e a capacidade técnica de especialistas da área financeira.

Com isso, você consegue acompanhar o departamento financeiro da sua empresa de forma simples, prática e transparente, o que deixa tudo muito mais visível e fácil de acompanhar.

Clique aqui e saiba como a Celero pode te ajudar a planejar a gestão financeira da sua empresa no próximo ano.


Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

Follow Me