Gestão Financeira para
Pequenas & Médias Empresas

Como a sua empresa pode sobreviver ao COVID-19

Como a sua empresa pode sobreviver ao COVID-19

Sobreviver ao Covid-19 não é fácil, descubra como manter uma empresa operando durante esse período neste artigo.

A Celero é responsável pelo financeiro de centenas de clientes e é nossa missão buscar maneiras de ajudar no planejamento e na redução do impacto causado pela pandemia do COVID-19.

Seja como for, é por isso que o nosso time de especialistas está 100% operante, todos trabalhando para ajudar nas operações financeiras e no planejamento de caixa dos nossos clientes.

Para amenizar o máximo possível o impacto na economia do país, o ministro da economia estabeleceu um pacote de R$ 147 bilhões para medidas emergenciais para as empresas sobreviverem ao Covid-19.

Listamos 4 itens que impactam diretamente os prestadores de serviços, são eles:

Do total, R$ 59,4 bilhões serão destinados à manutenção de empregos, o valor será dividido da seguinte forma.

A princípio, veja como esse dinheiro será distribuído para você sobreviver ao covid-19.

  • 30 bilhões de reais: adiamento do pagamento do FGTS por 3 meses. Na prática, isso significa que o valor pode deixar de ser pago nos próximos 3 meses e só será recolhido depois desse período.
  • 22,2 bilhões de reais: adiantamento da parte da União no Simples Nacional por 3 meses. Isso quer dizer que o valor pago na guia da DAS será reduzido e o valor proporcional será recolhido depois. A parte que compete ao estado ainda não foi apresentada e deve variar conforme definição de cada estado.
  • 2,2 bilhões de reais: redução em 50% das contribuições direcionados ao sistema. Redução dos encargos pagos pela empresa sobre folha de pagamento independente do regime tributário.

O ideal é que o dinheiro dessa iniciativa seja usado para o pagamento de funcionários, fornecedores e despesas importantes para manutenção do negócio.

Crédito para sobreviver ao Covid-19

5 bilhões de reais serão destinados à programas de microcrédito para pequenas e médias empresas como PROGER / FAT.

E para a simplificação das exigências para contratação de crédito para a empresa sobreviver ao covid-19, assim como a dispensa da CND para renegociação de dívidas.

Além disso, nosso time de especialistas acompanha de perto as movimentações para direcionar a tomada de decisão dos nossos clientes para que o dinheiro seja utilizado da melhor forma possível.

A nossa equipe está disponível online em horário comercial para estudar as opções de crédito oferecidas pelos bancos e instituições financeiras.

Além destas medidas focadas na manutenção do emprego, R$ 83,4 bilhões serão destinados à população vulnerável para tentar reduzir a desaceleração do consumo.

  • 23 bilhões de reais: adiantamento da segunda parcela do 13º salário de aposentados e pensionistas do INSS para Maio.
  • Até 21,5 bilhões reais: valores não sacados no PIS/PASEP serão transferidos para o FGTS permitindo novos saques.
  • 12,8 bilhões de reais: antecipação do abono salarial para junho.
  • 3,1 bilhões de reais: inclusão de mais de 1 milhão de beneficiados no programa bolsa família.

Desta forma o consumo se mantém estabilizado e a geração de demanda sobre prestação de serviços tem o impacto suavizado.

Valor destinado à sobrevivência ao Covid-19

R$ 4,5 bilhões do fundo DPVAT para o SUS: o objetivo é aumentar a capacidade de atendimento da saúde pública.

Além da desoneração de IPI para itens listados como necessários para combater o CORONA, também haverá redução para zero no valor pago no imposto de importação de produtos de uso médico hospitalar até o final do ano.

As medidas foram anunciadas oficialmente dia 16/03 e devem ser liberadas nos próximos dias, pois dependem de aprovação.

É importante ressaltar que a principal fonte para informações referente ao tema é o portal do Ministério da Economia podendo ser acessado em www.economia.gov.br.

CUIDADO COM FONTES NÃO CONFIÁVEIS.

Só com informação conseguiremos nos preparar para enfrentar esse momento de dificuldade.

Você pode conferir o comunicado oficial da medida no link: Medidas do grupo de monitoramento dos impactos econômicos da pandemia do COVID-19.

Sabemos que o momento é difícil, por isso que eu reforço que a CELERO e todo o nosso time está disponível para te ajudar a passar por este momento difícil.

Em resumo, assim que tivermos mais novidades sobre o tema, publicaremos novos conteúdos.

P.S.: O acesso a esse conteúdo é totalmente gratuito, fique a vontade para compartilhar.

Além disso, caso você queira receber a newsletter semanal com conteúdos, é só se inscrever no formulário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *