Gestão Financeira para
Pequenas & Médias Empresas

É hora de automatizar o seu plano financeiro empresarial

É hora de automatizar o seu plano financeiro empresarial

Você já parou para pensar como um plano financeiro empresarial pode ajudar na longevidade do seu negócio?

Se ainda não, veja como estrutura uma vida financeira e como a automação financeira pode ser a solução que você nem imaginava para a sua empresa com a finalidade de alcançar a gestão ideal.

Então, vamos lá.

Alcance uma nova vida financeira

Acima de tudo, para que você tenha um ano de muita bonança (apesar dos pesares) será necessário colocar um plano financeiro empresarial em prática para atingir os seus objetivos de crescimento.

Isso significa que você, como empresário(a), deve ficar longe de dívidas e organizar a sua rotina financeira com o intuito de saber como anda a saúde financeira do seu negócio.

A princípio parece que é algo difícil e complicado de alcançar, algo que pode levar muito tempo, mas não se preocupe, não é. Vou te contar um segredo: a receita é simples, no entanto exige organização, determinação e disciplina.

Como começar um plano financeiro empresarial

Nessa nova vida financeira que você busca é necessário começar a pensar um plano financeiro empresarial e para isso, em primeiro lugar é fundamental entender os custos mínimos do funcionamento da empresa.

Como por exemplo, os custos de produção, gastos fixos como aluguel, telefone, internet, funcionários e também aqueles variáveis – e manter a “régua” sempre próxima na relação despesas x receitas.

Você sempre deve lembrar de enumerar as despesas, definir o que é prioridade e, acima de tudo, ter controle.

Em resumo, isso significa não gastar mais do que arrecada e seguir o bom e velho ditado “não dê o passo maior que a perna”, blza?

Em segundo lugar você precisa aprender a fazer cortes. Eu sei que essa palavra pode ser assustadora a princípio, mas a lição de casa do empresário diminuir as despesas, principalmente as que não são necessárias.

É a vida, fazer o quê.

Gif do ator Colin Farrel

Se livre de tudo que é supérfluo, logo após isso, a regra é listar todas as suas dívidas e tentar renegociar, dica: dê prioridade às mais altas ou com juros mais elevados.

Assim que você quitar as suas dívidas, ou pelo menos criar um plano claro de eliminação dessas dívidas, você já pode começar a pensar nos seus objetivos e em como alcançá-los.

Ah, com uma calculadora de ponto de equilíbrio operacional é possível descobrir quanto a sua empresa precisa faturar para ficar longe das dívidas.

Se você precisa criar uma planilha para a sua calculadora, aproveite o template que a Celero disponibiliza. Para baixar é só clicar no banner abaixo.

Planilha de cálculo de ponto de equilíbrio

Agora que você já sabe o que é necessário para começar um planejamento financeiro empresarial, vamos falar como ele pode garantir a longevidade do seu negócio.

Faça um plano financeiro empresarial e garanta o longevidade do seu negócio

Vou começar esse tópico com uma simples metáfora para exemplificar um fato crítico e que tira o sono de muitos empresários.

“Uma pessoa sai de Curitiba com destino a Florianópolis, mas tem dinheiro para abastecer o carro com gasolina suficiente para chegar apenas até Joinville.”

Coloque essa cena no mundo empresarial, ela é a alta expectativa do empresário, tendo como contraponto um mau planejamento.

Como resultado, ela mostra porque 60% das empresas decretam falência nos primeiros cinco anos de existência devido à falta de caixa.

Afinal, existe receita para evitar que isso aconteça? 🤔

É com muito prazer que eu respondo, sim! É claro que existe.

Receita para um plano financeiro

Através de um planejamento bom e eficaz, com visão de longo prazo, é possível por entender o custo e as despesas necessárias para que a empresa possa operar.

Entender variáveis como impostos, tributos, custo com mão de obra, matéria-prima, sazonalidade, se o produto está adequado para o mercado, a engenharia financeira, o MVP (Mínimo Viável) para empresa funcionar, entre outras, vai te ajudar a evitar surpresas desagradáveis a fim de assegurar a longevidade da sua empresa.

Criar um “preço” matador que foca apenas no crescimento não garante que o seu negócio não vá falir. É melhor crescer aos poucos e com solidez do que estruturar as bases da empresa em pilares de fumaça.

E como saber se o seu plano financeiro empresarial está dando certo?

Simples, você saberá seu o seu planejamento deu ou está dando certo se o resultado projetado for atingido, não apenas no aspecto de faturamento, mas também de margem e resultado.

Se o resultado não tiver acontecido, é hora de rever os planos e ajustar as engrenagens.

Para que dê tudo certo nesse cenário, a automação financeira é a ferramenta ideal para ajudar empresários a dedicarem seu tempo para pensar no próprio negócio.

De tal forma que minimiza a preocupação com as finanças, ampliando o tempo para pensar nas atividades-chave importantes para o crescimento da sua empresa.

No próximo tópico eu explicar melhor como a automação financeira pode ser a solução que a sua empresa precisa, então, bora.

Automatize seu plano financeiro empresarial
Conheça a automação financeira

A automação financeira pode ser a solução para a sua empresa

Um planejamento financeiro empresarial mal feito envolve pilhas de papel, números confusos, nem um pingo de controle, ansiedade constante pelo futuro incerto e simplesmente falta de tempo.

Você não precisa sentir vergonha caso se encaixe em qualquer uma das situações citadas acima.

Você sabia desse dado? Que cerca de 85% das pequenas e médias empresas do Brasil não fazem nenhum tipo de gestão financeira além de contas a pagar e contas a receber?

E ainda vamos mais longe, visto que muitas delas têm sistemas gerenciais contratados e mesmo assim não tem informações dos seus negócios, geralmente elas só sabem o quanto faturam.

Esse dado muito alarmante se você for parar para pensar.

Se você está se perguntando: por que isso acontece? Eu explico.

Pelo simples fato de a maioria dos empresários não saberem como alimentar esses sistemas e não é por culpa dos programadores, mas sim pela falta de conhecimento dos conceitos técnicos financeiros.

Quer um exemplo? Veja se você consegue responder às seguintes perguntas:

Você sabe a diferença entre custo e despesa?

Você sabe quantos podem ser os tipos de custo e despesa dentro de sua empresa?

Se a sua resposta foi “não” para as duas perguntas, este artigo do nosso blog e uma rápida pesquisa no google podem te ajudar, mas não se preocupe, você não está sozinho(a).

Volte a ter mais foco no seu negócio

É para isso que a automação financeira deve entrar em ação.

Nós acreditamos que os profissionais precisam se concentrar no que são de fato especialistas, independente de suas formações.

Afinal muitos empreendedores nunca cursaram uma graduação e quando falamos de especialistas, falamos de pessoas que realizam determinadas atividades com maestria! E acredito que esse também é o seu caso.

O que você mais gosta de fazer na sua empresa? Vender? Comprar? Atender? Negociar? Certamente não é ficar com dores de cabeça por causa do seu setor financeiro, não é mesmo?

Imagine como seria se livrar das burocracias financeiras e ficar disponível para fazer as atividades que fazem a sua empresa crescer.

E enquanto isso, um sistema automatizado se encarrega de todos os aspectos da gestão financeira, com um custo totalmente acessível e com informações que certamente vão conduzir sua empresa no caminho do crescimento.

Conheça a Celero

Em outras palavras, se esse cenário te agrada, é hora de você saber da existência da Celero.

A Celero é uma plataforma de automação financeira que oferece os recursos de um sistema de gestão de alta tecnologia e a capacidade técnica de especialistas da área financeira que acompanham as rotinas diárias de seu negócio.

Oferecemos tempo para que o empreendedor se dedique a atividade chave do negócio, e dados para auxiliar a construir a melhor estratégia possível para empresa.

Se você entender melhor com a Celero foi feita para ajudar a sua empresa, dê um clique aqui e visite o nosso site.

E se você chegou até aqui, deixe nos comentários que você achou desse artigo. Você também pode se inscrever no formulário abaixo para receber a nossa newsletter semanal e, dessa forma, aprender mais sobre gestão financeira empresarial.

Foi uma prazer escrever esse texto para você, até mais.

Artigo originalmente publicado dia 23 de fevereiro de 2018 e atualizado dia 22 de julho de 2020.