4 dicas de finanças para escritórios de engenharia

4 dicas de finanças para escritórios de engenharia

Se você clicou neste artigo é porque pretende aprender sobre finanças para escritórios de engenharia, não é mesmo? 

Muitas vezes o engenheiro tem muito conhecimento técnico e é um profissional excelente.

Ele é capaz de criar e acompanhar projetos de engenharia com excelência, mas não sabe como gerir um escritório. 

Pensando nisso, separamos algumas dicas de como você, que possui um escritório de engenharia, pode organizar as finanças do seu negócio. 

Importância da gestão das finanças para escritórios de engenharia

Quando um engenheiro decide abrir um escritório é normal que ele não esteja pronto para ser gestor, pois eles não foram ensinados na graduação. 

Mas, buscar aprender como gerenciar o escritório e suas finanças é fundamental para ter um negócio de sucesso.

Isso quer dizer que desenvolver uma boa gestão das finanças no escritório de engenharia permite que seus projetos sejam lucrativos. 

Assim, o engenheiro consegue analisar quais projetos devem ser aceitos, entendendo os gastos e os lucros que serão gerados. 

Outro aspecto que deve ser falado é que atualmente, o número de empreendedores na área da engenharia vem crescendo no Brasil. 

Em números, 96,68% do setor de engenharia é representado por micro, pequenas e médias empresas, com até 20  pessoas participando (sócios ou colaboradores). 

Agora que você já sabe a importância de entender as finanças do escritório de engenharia, vamos para as dicas

Dicas de finanças para escritórios de engenharia

1.Defina Objetivos Financeiros 

Para lucrar, crescer e se manter no mercado, o escritório de engenharia precisa traçar metas para alcançar seus objetivos. 

Esses objetivos devem ser definidos de acordo com a realidade financeira do escritório.

Tudo isso quer dizer que para alcançar objetivos você precisa realizar um planejamento financeiro. 

Com o planejamento financeiro você visualiza o que precisa lucrar ou guardar para alcançar determinado objetivo. 

Dessa forma, o planejamento garante que você realmente coloque em prática as atividades que te ajudam a alcançar as metas e os objetivos. 

Com esses objetivos você sabe exatamente para onde ir, quanto falta para chegar lá e o que pode fazer diferente para conquistar o que deseja. 

2.Faça um Planejamento Financeiro

Anteriormente já te explicamos o que é Planejamento Financeiro, mas caso você tenha dúvida, nós temos um material completo falando sobre isso. 

Dessa maneira, um aspecto crucial do Planejamento Financeiro é que ele pode aumentar os lucros do seu escritório de engenharia. 

Além disso, ter esse planejamento pronto e em mãos, é o que você precisa para fazer seu negócio crescer sem dívidas. 

Por isso, esse planejamento deve estar de acordo com a realidade da empresa, do mercado e com os objetivos que devem ser alcançados.

Assim você consegue ter um controle sobre as finanças, fazendo o escritório manter as contas em dia.

Sem contar que ele vai te ajudar nas decisões sobre investimentos mais assertivos e lucrativos. 

Faça o planejamento financeiro do seu escritório de engenharia

3.Controle as dívidas

Até pode parecer óbvio que você precisa controlar as dívidas, mas é justamente nisso que a maioria dos gestores pecam. 

O Brasil é um país conhecido pelo alto índice de inadimplência e os empresários fazem parte desse cenário, principalmente os micros.

Assim, a vida financeira da maioria da população anda bem difícil, ainda mais quando levamos em consideração o alto índice de desemprego.

Por isso mesmo os empresários precisam estar atentos, já que as dívidas de pessoa física são mais fáceis de sanar que as dívidas de um escritório.

Sem falar, que para piorar, emergências inevitáveis sempre podem surgir em momentos de crise, o que leva à tomada de empréstimos.

Mesmo assim, muitas vezes, essas dívidas dizem respeito a compras supérfluas.

Sem falar que podem indicar a má administração de gastos com as finanças do escritório de engenharia.

Uma forma de evitar dívidas e empréstimos é utilizar sistemas de gestão financeira.

Por isso, a tecnologia hoje é uma das principais aliadas dos pequenos e médios empresários. 

Quando você utiliza um software de Gestão Financeira, as chances de esquecer de pagar contas diminuem bastante. 

4.Crie rotina de registro e controle

Para conseguir organizar e gerir as finanças do seu escritório de engenharia é importante saber  controlar os gastos.

Assim, acompanhar o orçamento e as movimentações financeiras mensalmente são atitudes essenciais para isso.

Muitos ainda utilizam planilhas em Excel para fazer esse trabalho e não estão errados.

Mas, hoje, já existem soluções mais práticas e simplificadas que contam com o avanço tecnológico.

Essa é outra vantagem de utilizar uma plataforma como a Celero, que é capaz de fazer a leitura de documentos em formato de imagens.

Isso quer dizer que em alguns cliques, você consegue exportar boletos e contas para dentro do sistema online.

Esses documentos e seus dados são lidos por meio de inteligência artificial, então são dados exatos e precisos.

Desse modo, os números e comparativos que são gerados são reais e podem guiar os próximos passos da empresa.

Sem falar na vantagem de ter um lugar para registrar todas as finanças da empresa.

Isso vai te permitir visualizar o resultado do planejamento financeiro de forma mais compreensível e estratégica. 

Agora que você já conferiu as dicas de finanças para escritórios de engenharia, é só começar a aplicá-las na rotina diária. 

Gostou do conteúdo deste artigo? Deixe nos comentários e compartilhe nas suas redes sociais. 

Para acompanhar mais conteúdos exclusivos sobre finanças e gestão financeira, basta acompanhar nosso Blog semanalmente.

Banner ilustrativo para agendar horário com a Celero
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *