Economia aberta e fechada, o que é e quais são os exemplos?

Mesmo que você não tenha se dado conta, provavelmente já consumiu produtos importados. Principalmente de alguns anos para cá, graças a facilidade de compras online, a economia aberta ganhou espaço também na vida de pessoas físicas, mas ela já existe e funciona há muito tempo no mundo todo. 

Saiba, neste artigo, como funciona a economia aberta, economia fechada, quais são as principais diferenças e exemplos de cada uma dessas modalidades. 

O que é economia aberta?

Economia aberta é a possibilidade de entrada e saída de capital de um país para outro, sem qualquer lei ou barreira comercial que possa interferir na movimentação. Hoje, grande parte dos países do mundo aceitam e praticam a economia aberta, que representa uma alta do Produto Interno Bruto (PIB) dos países. 

Isso porque, além da movimentação de bens e capitais entre os países, a economia aberta também contribui com o desenvolvimento da tecnologia, comunicação, transportes, geração de empregos relacionados diretamente às transações internacionais. 

Como funciona a economia aberta?

Na economia aberta, as importações garantem o maior acesso aos produtos e serviços importados de outros países, permitindo mais liberdade e opções diferenciadas para os compradores, sejam eles empresas ou cidadãos consumidores. 

Da mesma forma, a exportação pode ser vista como uma estratégia de crescimento das empresas locais, pois permite entrar em outros mercados, buscando compradores ao redor do mundo. 

Para as pessoas físicas, a abertura da economia também aumenta as possibilidades em relação a investimento e serviços bancários. Além disso, as empresas têm mais acesso a crédito ao poderem usar fontes internacionais e domésticas para arrecadar fundos para seus negócios

No entanto, a economia aberta também pode ser um problema para as nações, caso o estudo de abertura não seja bem feito. Isso acontece porque, assim como as vantagens desse modelo de movimentação econômica são disseminadas para diferentes nações, as complicações financeiras de cada país também podem ser expandidas. 

O que é a economia fechada?

Ao contrário da economia aberta, a fechada acontece quando um país consegue ou quer ser completamente auto suficiente em relação a sua produção. Dessa forma, ele estabelece pouca ou nenhuma movimentação econômica com outras nações, sem importar ou exportar qualquer tipo de produto ou serviço.  

Acontece que hoje, com o avanço da globalização, é impossível um país ser 100% enquadrado com economia fechada – também chamada de isolacionista. Isso porque é muito complicado um país conseguir ter todas as matérias-primas para produzir o que necessita, como é o exemplo do petróleo. 

Qual a diferença entre economia aberta e economia fechada?

Conforme citamos anteriormente, é praticamente impossível um país conseguir suprir tudo o que necessita a partir de uma economia fechada, então a grande diferença entre esses dois modelos econômicos está nas políticas de comércio internacional e nos mercados financeiros de cada nação. 

Na economia aberta, é permitido que pessoas físicas e jurídicas negociem a movimentação financeira entre outras empresas e pessoas de outras economias, além de poderem participar de mercados de capitais internacionais. Na economia fechada, essa negociação ou interação é impedida, em um esforço para manutenção da economia autossuficiente. 

Ou seja, o que difere a economia fechada da aberta é o grau de controle do governo de cada país em relação à liberdade de negociação e interação dos cidadãos e empresas na participação do mercado internacional, a base da economia aberta. 

O que é o trilema monetário?

Também conhecido como “trilema da economia aberta”, indica a impossibilidade de uma nação ter mobilidade de capitais, taxa de câmbio fixa e política monetária independente – ou seja, garantir o controle da moeda do país, assim como o controle da inflação. É, portanto, um dos desafios da economia aberta. 

Quais os exemplos de economia aberta e economia fechada?

Além de ser importante para a situação econômica dos países envolvidos, o modelo de economia adotado também interfere em laços políticos daquelas regiões. 

Como exemplo de economia aberta temos o Mercosul, que tem como objetivo estabelecer uma zona de livre comércio entre grande parte dos países da América Latina. Outro exemplo muito conhecido é o Acordo de Livre Comércio da América do Norte, que contempla a intenção de reduzir custos nas movimentações financeiras entre o Canadá, México e Estados Unidos. 

Mesmo os países considerados fechados politicamente, como Cuba, Venezuela e Coreia do Norte, não podem ser considerados como adotantes da economia fechada. Isso porque eles também negociam com outros países para operação de importação e exportação de insumos, produtos e serviços. 

O Brasil, apesar de também estabelecer transações comerciais entre outras nações, é considerado um dos países com a economia mais fechada do mundo, segundo o Banco Mundial. Isso porque importa poucos bens, serviços e matéria-prima, ao comparar com o seu Produto Interno Bruto (PIB). 

Conclusão

Como foi possível perceber neste artigo, ambas as economias, aberta e fechada, possuem suas vantagens e desvantagens para os países envolvidos. Enquanto consumidores, é importante procurarmos saber sobre as possibilidades e vantagens antes de adquirirmos produtos e serviços de outras nações. 

E para quem tem ou quer abrir uma empresa, é fundamental entender as regras de cada país para importação de insumos – matéria-prima ou serviços de mão de obra, e exportação de produtos, com o objetivo de aumentar a rede de consumo. Além de ficar por dentro da atualização sobre a situação econômica e comercial de cada país para acompanhar as tendências das relações comerciais entre eles, caso seja de interesse da sua empresa.

Aqui na Celero temos o compromisso de desburocratizar a gestão financeira das empresas. Por isso, nosso blog está sempre recheado de temas interessantes relacionados ao assunto, que podem te ajudar nessa jornada do empreendedorismo. Continue acompanhando nossos artigos!

baixe uma planilha de fluxo de caixa gratuita

Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

One Comment

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me