Como criar cobranças recorrentes para o meu negócio?

A chamada economia da recorrência, conhecida pelos sistemas de planos de assinatura, mensalidades e contratos periódicos, tem ganhado cada vez mais relevância no mercado nos últimos anos.

O economista norte-americano Jeremy Rifkin fez uma previsão, nos anos 2000, em que a sociedade alteraria a sua forma de consumo para um sistema no qual os consumidores não mais pagariam para obterem coisas, mas sim para terem acesso a elas. É justamente essa a lógica desse tipo de economia, que tem as cobranças recorrentes como um dos seus principais benefícios para negócios.

Para quem consome, é muito mais prático não precisar entrar em contato todos os meses com o vendedor para receber a cobrança de um serviço mensal ou sem previsão de cancelamento. Do lado de quem vende, as vantagens são a otimização do tempo, maior controle financeiro e praticidade na emissão de cobranças. A recorrência também tem a capacidade de aumentar o potencial financeiro e de lucro da empresa.

Trabalhar com cobranças recorrentes é uma ótima estratégia de fidelização e retenção de clientes no seu negócio. Para isso é preciso entender como funcionam os pagamentos recorrentes, quais suas vantagens e de que forma você pode aplicar essa modalidade no seu negócio. Vem com a gente!

O que é cobrança recorrente?

Em cobranças recorrentes, o pagamento é realizado de forma contínua, em serviços que permitem uma assinatura ou mensalidade. Durante o período que o serviço durar,  o cliente vai continuar a pagar pelo tempo combinado em contrato. Os pagamentos podem ser quinzenais, mensais, semestrais e até mesmo anuais.

O consumidor já está habituado com cobranças recorrentes no dia a dia, mesmo que não esteja necessariamente familiarizado com o termo. Empresas com planos de assinatura como Netflix e Spotify, por exemplo, funcionam com esse tipo de pagamento, em que o cliente concorda em pagar pelo serviço por um determinado valor e período de tempo. Tudo isso fica acordado nos termos do uso na hora de assinar o plano.

Outros exemplos em que a cobrança recorrente é muito utilizada são:

  • Clubes de assinatura;
  • Condomínios;
  • Academias;
  • Estacionamentos;
  • Cursos;
  • Feiras e eventos anuais; 
  • Planos de assinatura em empresas.

Pagamento parcelado x pagamento recorrente

O parcelamento acontece quando o pagamento de um valor único é dividido em mais de uma vez. Isso quer dizer que, mesmo que o produto ou serviço já tenha sido entregue, o cliente ainda vai continuar o pagamento até completar o valor total do item – isso inclui possíveis juros.

Já o pagamento recorrente implica que o serviço é contínuo, bem como o seu pagamento, o que significa que vai ser cobrado regularmente e de acordo com o que foi acordado na hora da contratação do serviço.

Vantagens das cobranças recorrentes

O modelo de recorrência é vantajoso para quem tem serviço ou produto vendido constantemente para o mesmo cliente.

  • Economia de tempo: em vendas recorrentes você pode programar a cobrança, sem precisar gerar cobranças individuais manualmente. 
  • Maior controle de emissão e pagamento: com padrão de faixas de valores, fica mais fácil gerar as cobranças e acompanhar os pagamentos. 
  • Previsão de recebimento: automatizadas as cobranças, você pode visualizar quantas cobranças estão programadas para o período e, assim, ter previsão de recebimento.

Principais formas de cobrança recorrente

Cartão de crédito

O cartão de crédito é o meio de pagamento mais utilizado entre os serviços de assinatura e mensalidade. Além de prevenir atrasos ou esquecimentos, reduzindo o índice de inadimplência do negócio, é garantidor de recebimento para o lojista. 

Isso acontece pois o cliente só precisa comprar o serviço uma vez para pagar mensalmente, além de evitar que o pagamento de juros e multa, e permitir o parcelamento do valor. Uma recorrência pode ter o valor total dividido em parcelas, como um curso com a duração de 12 meses, pago em 24x, por exemplo.

Vale lembrar que nesse tipo de pagamento, existe o risco de chargeback, que é a contestação da cobrança por parte do cliente em casos de não reconhecimento da cobrança ou até mesmo fraudes no cartão. Se o chargeback for aceito, a operadora do cartão do seu cliente pode cancelar o pagamento.

Débito automático

Assim como cobrança via cartão de crédito, o débito automático dispensa ações por parte do cliente para efetuar o pagamento. É vantajoso para quem paga, mas por outro lado, o vendedor precisa fazer o cadastro de conta em todos os bancos em que deseja receber dessa forma. Por consequência, são poucos os serviços recorrentes que oferecem essa opção. As empresas que normalmente disponibilizam, são de contas de consumo, como água e energia, por exemplo.

Boleto bancário

O boleto bancário é o meio de pagamento mais popular entre os brasileiros, por isso é indispensável oferecer essa opção.

Essa forma de cobrança é atrativa para usuários que não utilizam cartão de crédito, e tem como vantagem a possibilidade de valores diferenciados em um mesmo documento, desconto, multa e juros. 

O boleto bancário para pagamentos recorrentes pode ser feito de duas formas:

  1. Carnê: ideal para quem quer receber todas as cobranças do serviço no boleto de uma vez só. Ter todas as parcelas na mão permite que o cliente se programe para efetuar o pagamento do serviço junto com as demais contas;
  2. Recorrência: a recorrência no boleto é a melhor forma para o cliente que quer pagar no boleto, mas prefere receber a cobrança a cada período – ao invés de receber boletos de vários meses de uma única vez. Se o pagamento combinado for mensal com a recorrência via boleto ele recebe a cobrança mensalmente, por exemplo.

Você pode programar seu sistema de gestão ou plataforma de emissão de cobranças para gerar automaticamente as cobranças no período combinado e enviar automaticamente para o seu cliente. A frequência pode ser semanal, mensal ou anual – você determina os dias, semanas ou meses de intervalo.

Emita cobranças recorrentes no cartão de crédito pela API da Juno

É possível emitir cobranças recorrentes para vendas no cartão de crédito pela API da Juno

Conheça todas as vantagens de emitir cobranças recorrentes no cartão de crédito via API:

  • Cobre mensalmente de forma automática;
  • Reduza a inadimplência com cobranças programadas, sempre com mesma data e valor;
  • Melhor previsão do quanto o seu negócio vai lucrar; 
  • Facilite a gestão do seu fluxo de caixa;
  • Aumente a fidelização de clientes e reduza a taxa de churn!

Essa funcionalidade está disponível para clientes que já integraram com a nossa API 2.0. Você encontra a Juno para Devs, a documentação completa da API da Juno aqui

Com as cobranças recorrentes no cartão de crédito pela API da Juno, você proporciona mais facilidade e comodidade para seus clientes na hora de oferecer serviços de pagamento. Isso aumenta as chances de fidelização e retenção dos seus consumidores.

A partir da melhor gestão do fluxo de caixa do seu negócio, é possível garantir um crescimento financeiro sustentável para a empresa a médio e a longo prazo. Facilite a gestão das suas cobranças recorrentes com a Juno!

A Juno possibilita a emissão de cobranças recorrentes no cartão de crédito e boleto bancário, sem que você precise lidar com a burocracia de bancos.
Conheça a Juno!

Celero

A Celero é uma empresa que ajuda pequenos & médios empreendedores a descomplicar a rotina do setor financeiro empresarial através de um software para gestão financeira fácil de usar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow Me